sábado, 8 de fevereiro de 2014

Comentários exemplares. Ou: Um petralha deu as caras por aqui

A quantidade de comentários que mandam para cá aumentou um bocado nos últimos tempos. Mas a qualidade de certos comentários é tão baixa que, sem querer, seus autores acabam confirmando as tomatadas virtuais que eu disparo aqui no blog. Vou destacar neste post apenas um comentário particularmente ilustrativo.
Veja só o que a Vale faz com a vida das pessoas (http://www.xxxxxxxxxxxxxxxx.com.br). Isso o PSDB, a Veja e o cartel da mídia golpista não falam, muito menos você nas suas aulas doutrinárias.
Conforme eu escrevi no post Não contem com este blog para fazer propaganda de tipo nazista, os internautas se aproveitam da informalidade dos blogs para martelar interpretações equivocadas usando meia dúzia de frases feitas, visto que dar resposta é muito mais demorado que comentar e, assim, os autores de blogs dificilmente têm tempo para responder a todos os comentários que recebem – especialmente quando se trata de um blog com mais de meio milhão de acessos, como é o caso de Diplomatizzando. Em respeito ao espírito do debate de ideias, os autores publicam esse tipo de comentário, mas acabam não tendo tempo de expor sua discordância.


Mas o caso acima é ainda pior, pois não traz nem ao menos uma frase feita para ser rebatida: apenas me acusa de doutrinador e mentiroso e indica um site onde a verdade verdadeira seria divulgada. Fui dar uma espiada no dito cujo, e vi tratar-se de um desses tantos sites que a esquerda enche de mentiras para servir de munição a internautas que, por interesse ou fé ideológica, as espalham na rede. É óbvio que não publiquei o comentário e nem reproduzi o endereço do site acima.

Além disso, vale acrescentar duas coisas importantes. A primeira é que, conforme eu expliquei no post Quando o PT confirmou que foi bom vender a Vale do Rio Doce, as informações que certos alunos pensam ser mentiras forjadas por tucanos e pela "mídia" sobre essa empresa são fatos já reconhecidos oficialmente até pelo PT. A segunda é que, quando um Anônimo escreve "cartel da mídia golpista", deixa explícito que não passa de um petralha. E a razão é simples: "mídia golpista" é um dos jargões que os petralhas usam para desqualificar os jornais, revistas e sites de notícias que publicizam as toneladas de evidências que levaram à condenação dos mensaleiros. 

O Anônimo defende mensaleiro e tem a cara de pau de vir aqui indicar um site que noticiaria a verdade... Nem vem que não tem!

5 comentários:

  1. Aliás, curioso como esses sites da esquerda (Brasil de Fato, Diário do Centro do Mundo, dentre outros) brotaram na internet nos últimos tempos. O engraçado é que aqueles que tem o pensamento de direita acabam massacrados por esses sitezinhos de meia pataca graças a jornalistas que se dizem de direita mas que apenas querem fazer barulho (gerando o combustível necessário).

    ResponderExcluir
  2. vc ocultou o endereço do site, mas o hyperlink continuou ativo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ops! Descuido meu. Obrigado pelo aviso. Já corrigi.

      Excluir
  3. Estou com dificuldades para entender: o fato de o cara postar alguma coisa batendo na Vale o torna um "petralha", essa entidade. Mas, como você mesmo disse, o PT se posicionou a favor da venda da Vale , logo, o cara não é um Petralha, ou será que é? Ou será que não? :S

    Será que, na esquerda, só existe o PT? Será que qualquer pessoa que se posicione de forma crítica à política de privatizações é, automaticamente, petista ou, melhor dizendo, petralha? A Dilma deixou de ser "petralha" ao realizar as concessões rodoviárias, dos aeroportos e o do Campo de Libra?

    Mas a dúvida não se cala é: a sua capacidade de raciocínio é fora do normal que ninguém nesse mundo absorve logicamente ou é só mais um burro pernóstico mesmo? Que dúvida cruel...

    Ah! Já sei! Você já escreveu um livro sobre isso em algum lugar, não é?

    Luana Farias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você soubesse ler, teria entendido esta passagem do texto acima: "[...] quando um Anônimo escreve "cartel da mídia golpista", deixa explícito que não passa de um petralha. E a razão é simples: "mídia golpista" é um dos jargões que os petralhas usam para desqualificar os jornais, revistas e sites de notícias que publicizam as toneladas de evidências que levaram à condenação dos mensaleiros".

      Conforme está bem claro nessa passagem, portanto, "petralha" é quem defende mensaleiro, já que foi só no momento em que usou a expressão "mídia golpista" que o Anônimo se revelou um petralha, não ao falar da privatização da Vale.

      Antes de chamar os outros de burros, vá se alfabetizar.

      Excluir

Seu comentário foi enviado e está aguardando moderação.